Quero mais saúde!

Essa semana aprendi muito sobre saladas, que elas podem ser variadas, que têm folhas, grãos e combinações certeiras.

Há que se variar o prato e novas descobertas gastronômicas são sempre bem vindas, aprender é sempre bom e educar o paladar é uma viagem intensa e prazerosa, viver com mais saúde é um aprendizado, também. Dizem que quanto mais colorido e mais variado o prato, mais saudável ele é. E, como quase tudo na vida, é só experimentando que a gente aprende, que salada não é castigo.

Enquanto vou me habituando com folhas cruas, deixo a minha receitinha de salada preferida, com quase tudo cozido:

Igredientes:

(não vou especificar quantidade, porque isso vai ao gosto do freguês 😉 )

-Brócolis Ninja (pode ser o outro, pode ser os dois)

– Couve Flor

– Vagem

– Cenoura

– Cebola

-Tomate

-Pimentão amarelo (acho que é o único que combina bem com salada, mas isso é o meu gosto).

– Azeite de Oliva do bom

-Vinagre de vinho tinto, se preferir o balsâmico, beleza. Só não vale aqueles vinagres tipo agrin que é muito ruim.

-Mostarda  Dijon (pode ser de outra marca, mas não pode ser aquela que a gente come com cachorro quente, tem que ser essa mais consistente).

-Sal

Preparo:

Eu pico o brócolis  e a couve flor em pedaços médios, a vagem e a cenoura em tiras e coloco para cozinhar no vapor, tudo junto mesmo. Deixo até ficar ao dente, tiro e dou um choque térmico com água fria, pra não amolecer mais. Deixo escorrendo.

Enquanto os  vegetais estão cozinhando, eu pico em pedaços miúdos a cebola, o tomate e o pimentão amarelo.

Em um outro recipiente eu misturo bem com um garfo 1 colher de chá da mostarda, quase uma xícara de azeite, menos de meia xícara de vinagre, um tanto de sal (não uso muito, porque eu tenho pressão alta) e depois misturo com a cebola, o tomate e o pimentão.

Enquanto os vegetais esfriam, o molho vai curtindo.

Misture tudo na hora de comer. Eu gosto de salpicar pimenta calabresa seca no meu prato de salada, mas picar pimenta fresca fica bom também.

Vou fazendo o possível, no meu ritmo, pra chegar o dia em que terei prazer com um prato de rúcula e almeirão. Mas por enquanto:

“Se por acaso morrer do coração / É sinal de que amei demais. / Mas enquanto estou viva e cheia de graça / Talvez ainda faça um monte de gente feliz”

Anúncios

Sobre Fabiana Nascimento

Mulher desdobrável.
Esse post foi publicado em Desafio da Semana, Uncategorized e marcado . Guardar link permanente.

2 respostas para Quero mais saúde!

  1. Danielle Martins disse:

    Cada uma com suas preferências e dificuldades… Gosto mais das cruas. Posso sugerir? Grão de bico com cenoura ralada, alface americana, acelga e um franguinho, atum ou presunto defunado… Se acrescentar um molhinho de mostarda com a sua pimenta calabresa fica uma delícia! 🙂

  2. Adoro Grão de Bico, vou experimentar com cenoura ralada – não sou muito fã dela crua, mas misturada com algo que eu gosto muito acho que desce melhor.

Os comentários estão encerrados.