Cozinhando na pressa

Cozinha rápida, geralmente, necessita de organização prévia. Organização que já começa quando se vai no supermercado ou na feira, na escolha dos produtos a serem adquiridos, no armazenamento e no cardápio. Ajuda na correria diária deixar produtos com a preparação já adiantada na geladeira ou no freezer.
Contudo, todavia, porém, entretanto, sou desorganizada. Muito. Sempre esqueço de adiantar o almoço do dia seguinte ou de deixar algo semi pronto na geladeira. Quando estou mais atarefada esqueço até de comprar pão para o café da manhã. Coisas que me salvam: macarrão (dura muito no armário), carne moída congelada (pelo mesmo motivo do macarrão), enlatados (já deu para imaginar a razão).
Tenho procurado me alimentar de forma mais honesta, com alimentos e temperos naturais, sem enlatados, só que nem sempre dá certo daí é preciso apelar para alguns truques, sem recorrer a Cup Noodles nem aos miojos da vida (já comi muuuuito).
Com pouco tempo para cozinhar, faço macarrão. Rápido e fácil. Coloco a água para ferver para fazer o macarrão que faço como manda a embalagem. A dica é nesse molho de carne que inventei. Como sou desorganizada, a carne moída está congelada. Atualmente descongelo no microondas. Nem sempre foi assim, vivi muitos anos sem microondas daí precisei desenvolver uma técnica descongelamento na panela.
Esquento bem a panela e coloco a carne moída congelada ali (sem óleo), vou virando a carne e retirando a parte da carne que muda de cor, para ela ficar soltinha. Já deixei a carne na panela sem ficar desbastando, não dá certo porque forma umas bolotas meio estranhas, o melhor é ter paciência e ir separando a medida que for descongelando. Descongelada a carne ela vai começar a fritar, neste momento coloco um pouco de azeite e alho moído, espero uns segundos, coloco um tico de água e shoyo. Finalizo com creme de leite, se tiver azeitona ou milho verde, também dá certo e fica bem gostoso. O molho está pronto basta colocar no macarrão cozido e ser feliz, com queijo parmesão fica bem melhor.
Fica pronto em menos de trinta minutos. Será que cumpri o desafio apesar do milho verde e da azeitona?

Anúncios

Sobre annerodrigues

Amante de comida e de animais, feminista, advogada, boa ouvinte. O resto é o resto.
Esse post foi publicado em Quarta Gorda, Uncategorized e marcado , , . Guardar link permanente.

4 respostas para Cozinhando na pressa

  1. fabinascisilva disse:

    Eu só não como macarrão todo dia porque tenho criança em casa e não quero dar mal exemplo [mais ainda], senão, todo dia era macarrão.

  2. Anne disse:

    É uma delícia, né?! Eu amo macarrão, também seria capaz de comer todo dia.

  3. Deh disse:

    Desafio cumprido sim, opa.
    Eu fico meio cabreira com o negós de “vou comer um trem rápido, vou ali fazer miojo”. Com um tico a mais de tempo em que se faz um miojo xexelento dá pra cozinhar uma massinha legal e providenciar um molhinho – se tiver congelado então, ô beleza, mais facinho ainda.

  4. Pingback: Rapidinha | Feministas na Cozinha

Os comentários estão encerrados.