Escondidinho que virou Torta

Estava eu preocupada em que fazer de comida. Geladeira vazia, freezer igual, nos armários a situação ainda era pior. No inventário, juntando geladeira, freezer e armários, achei batata, meia lata de milho verde, umas poucas azeitonas, carne moída de frango, três ovos, um pouco de manteiga, outro pouco de queijo ralado e, juro, uma colherada de requeijão. Pensei: dá pra fazer um escondidinho, recentemente fiz um de camarão congelado que ficou bom. Iniciei os trabalhos, batata a cozinhar, fiz o refogadinho de frango e talecoisa. Enquanto o refogado terminava de apurar, fui fazer o purê de batatas (desculpa, mas escondidinho, tem que ser de batata, gosto mais). Amassei as batatas, coloquei manteiga e fui colocar o ovo, como era um só, pensei em por inteiro. Normalmente quando faço purê, amasso duas gemas. Beleza. Quebrei o ovo e joguei direto nas batatas. O ovo estava podre!!! Minha indignação foi imensa. Preciso confessar que sempre achei um exagero essa história de ter que abrir o ovo numa tigelinha à parte antes de colocar no comida.

Nunca, nunquinha, desde que era criancinha lá em Antonina, que tinha visto ovo podre. Enfim, é a vida. Meu lema agora é quebre o ovo na tigelinha antes de pôr na comida. Lamentei, pois o que fazer com o refogado de frango??? Comer com arroz? Que coisa mais sem graça.

Voltei aos armários, achei meio pão de casa integral que havia ganhado da sogra e não tinha feito muito sucesso aqui em casa. O problema é que ficou com muita semente e para comer com geleia ou manteiga, ficava esquisito. Peguei o pão integral, esfarelei (já estava meio seco), coloquei leite para umedecer, coloquei o refogado de frango e por cima de tudo o queijo parmesão. Às vezes o que dá errado, não dá tão errado assim. Basta olhar para o lado e ver o que se pode fazer. Marido ficou tão feliz com a comidinha que fotografou para deixar você com vontade. Veja aí e me diz o que achou.

Anúncios

Sobre annerodrigues

Amante de comida e de animais, feminista, advogada, boa ouvinte. O resto é o resto.
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

2 respostas para Escondidinho que virou Torta

  1. Anne, eu ri aqui, porque o ovo ruim é sempre aquele que você coloca distraidamente na receita sem passar pela tigelinha, ou é o último que tem na geladeira, sendo imprescindível para a receita.

    Mas olha que ideia boa você usar o pão para completar o prato!

    Beijos!

  2. Anne disse:

    Ceci, e o cheiro que tem o negócio? Nunca tinha imaginado que fosse tão ruim..
    beijinhos querida,

Os comentários estão encerrados.