EMPADÃO DE FRANGO

Adoro empadão de frango. É uma das comidas bobagentas que mais gosto. Seguindo esse raciocínio fui aprender a fazer um empadão honesto. Já avisei que é bobagento, que não tem nenhuma pretensão de ser saudável. O que dá para fazer é deixá-lo menos industrializado, mais natural e, consequentemente, mais saboroso. No empadão busco sabor acima de tudo.

A receita da massa é do culinarista Álvaro Rodrigues, duma época em que a D. Namaria Braga apresentava programa à tarde na TV Record. Olha, é uma receita que nunca te deixa na mão. Não tem segredinhos, nem nada disso, basta seguir ao pé da letra que dá certo.

O recheio você pode fazer do jeito que quiser e preferir. No dia em que assisti ao dito programa, lá pelos idos de 1998, o recheio sugerido foi de creme de palmito. Como gosto muito de tudo, inclusive de frango, fui aprimorando. Normalmente fazia com peito de frango e palmito, milho verde e azeitona. No empadão, gosto de tudo e mais um pouco. A última versão do recheio que lhes apresento, é a mais prática e simples que já fiz e, segundo minhas cobaias, ops, convidadas, foi a melhor de todas.

Vejamos a receita da massa:

MASSA PODRE:

– 500g de farinha de trigo peneirada; – 150g de banha de porco; – 125g de manteiga sem sal gelada e picada; – 1/4 xícara (chá) de água gelada; – 1 colher (chá) de sal; – 3 gemas

Modo de preparo: Coloque numa tigela grande todos os ingredientes secos e as gorduras geladas e picadas. Vá esfarelando com a ponta dos dedos até obter uma “farofa” úmida. Em seguida, junte a mistura de água com as gemas e amasse delicadamente até obter uma massa lisa, macia e homogênea. Leve à geladeira por 40 minutos e empregue na montagem.

RECHEIO OFICIAL – CREME DE PALMITO:

– 2 dentes de alho socados; – 1/3 xícara (chá) de óleo/azeite de boa qualidade; – 1 cebola grande picadinha ou ralada; – 2 tomates sem pele e sem sementes picadinhos; – 1 vidro grande de palmitos picados; – 1 lata de ervilha em conserva; – 1/2 xícara (chá) de azeitonas verdes picadinhas; – 1 tablete de caldo de galinha; – 3 colheres (sopa) de salsinha verde picadinha; – Sal, molho de pimenta e temperos a gosto; – 1 xícara (chá) de água filtrada ou água do palmito; – 2/3 xícara (chá) de farinha de trigo (aproximadamente)

Doure o alho no azeite, junte a cebola, os tomates e refogue muito bem. Vá juntando os demais ingredientes, deixe abrir fervura e tempere a gosto. Em fogo baixo, junte em “chuva” a farinha de trigo e vá mexendo rapidamente até obter um creme homogêneo, porém, firme. Empregue quando frio.

MEU RECHEIO

Coloque na panela de pressão duas sobrecoxas com as coxas, 3 dentes de alho, 1 cebola grande picadinha, um pouquinho de sal, um punhado de manjericão (ou um qualquer erva fresca que goste). Coloque água até cobrir. Deixe cozinhar por uns 15/20 minutos, depois que começar a fazer pressão. Com cuidado, abra a panela, o frango já estará desfiando, termine de desfiar e reserve o caldo que se formou. Caso tenha muita água deixe fervendo até reduzir.

Numa panela à parte, refogue mais um pouco de cebola, o frango desfiado, um pouco de massa de tomate, até ficar vermelhinho. Coloque a água do cozimento do frango. Experimente o sal, tem que ficar meio sem sal. Adicione azeitonas e milho verde. Polvilhe um pouco de trigo para ficar mais grosso. O certo é usar frio, já usei quente e deu certo. Por cima deste creme dá para por requeijão cremoso tipo catupiry, requeijão normal, creme de leite, iogurte. Diminui a acidez do recheio e acrescenta sabor.

MONTAGEM: Com 2/3 da massa forre o fundo e lados de uma torteira com 24cm de diâmetro e 4cm de altura. Fure com um garfo, espalhe o creme de palmito e cubra com um disco de massa aberta fina, apertando muito bem as bordas.

Em seguida, pincele a superfície com a gema e decore com rolinhos de massa cruzados, formando um xadrez. Pincele os rolinhos com gema e leve ao forno pré-aquecido a 200ºC, assando até que esteja bem dourada. Sirva morna ou fria.

Dica: dá para fazer esse recheio e usar massa folhada congelada!! Facinho, facinho.

Ah, ainda podemos seduzir nossos homens com o empadão, olha só que sexy. Inspiração na Srta. Bia e suas sextas cheias de dicas e truques para seduzir seu macho.

Muito ingênua minha frase? Invente algo mais caliente você e aproveite toda a sedução do empadão.

Anúncios

Sobre annerodrigues

Amante de comida e de animais, feminista, advogada, boa ouvinte. O resto é o resto.
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

9 respostas para EMPADÃO DE FRANGO

  1. Anne, nunca fiz a torta usando a massa podre, mas vou experimentar, parece ótima! E ótima ideia de usar coxa/sobrecoxa, que tem a carne bem mais saborosa do que o peito.

  2. annerodrigues disse:

    Experimente, porque de todas as receitas que já testei de massa podre (adoro), essa é a mais fácil e saborosa. Eu nunca tinha feito com coxa e sobrecoxa porque tinha medo que ficasse indigesto, mas tirei a pele do frango e ficou bom.
    Beijinhos

  3. Srta. Bia disse:

    Certeza que a leitora de Nova escreverá “me coma” na torta! receita de dar água na boca, Anne 😉

  4. Vou tentar fazer essa massa podre, Anne, porque as outras nunca deram certo 😦
    Uma mulher que não acerta uma massa podre, fatidicamente, ficará encalhada, o.O.
    Caso isso não dê certo, sempre teremos as Dicas de Nova, pra nos ensinar pequenos “truques”, kkk.
    Adorei!

  5. Anne disse:

    Viu?! Fica esperta Talita, ninguém quer ficar encalhada nessa vida!

  6. Oh no, Anne! Jamais! Que a Santa Nova nos livre desse fardo, ensinando-nos a conquistar um bom macho! 🙂

  7. Luciana disse:

    Banha de porco? pode ser bacon? E eu já tô encalhada..é bom que aproveito o tempo e como a torta todinha, rs.

  8. Anne disse:

    Bacon não pode, porque é para dar liga na massa. Dá para usar só manteiga, já fiz e deu certo, ficou gostoso também. E, assim, quando faço essa torta só como ela por uns dois dias, eu gosto muito.

  9. Telma Tozzi disse:

    Uso esta receita desde há anos tbem…….sucesso absoluto

Os comentários estão encerrados.