Macarrão meio ao contrário

Aconteceu que eu vi um pacote de amendoim cru que talvez fosse igual aos outros, mas que ali, naquele momento, conseguiu me conquistar. Quando chegamos em casa que eu me dei conta que não sabia o que fazer com ele. Foi quando lembrei de umas receitas de molho de amendoim asiático que eu nunca tinha testado. Só tinha um porém: essas receitas pedem amendoim torrado e sem pele, e o meu era cru e com pele. Então ele voltou para a fila até o dia em que eu pudesse torrar e depelar o amendoim. Até que chegou a hora dele: foi pro forno por meia hora; depois foi desnudado com uma massagem no escorredor de vegetais (poderia ser numa peneira grossa).

Enfim, fiz ao contrário e da maneira mais difícil. Agora, antes de me render ao encanto de pacotes sedutores por aí, vou ver se eles servem pra mim e não tentar ficar mudando os outros. Mas foi uma delícia, confesso.

Soba com amendoim

Macarrão com molho de amendoim

  • Macarrão pra duas pessoas (usei soba, macarrão de trigo sarraceno; pode ser também macarrão pra yakissoba ou espaguete com ovos)
  • 1 xícara de amendoim torrado sem pele
  • 1 colher de sopa de óleo
  • 1 xícara de água
  • 2 colheres de sopa de shoyu
  • 1 colher de sopa de molho de peixe (pode ser mais de shoyu)
  • ½ colher de sopa de açúcar mascavo ou branco
  • 1 colher de sopa de gengibre picadinho ou ralado
  • 1 ou 2 dentes de alho picado
  • pimenta vermelha picada ou molho de pimenta (usei Sriracha)
  • ½ pimentão vermelho em tirinhas
  • coentro e/ou cebolinha

A primeira coisa é fazer a manteiga de amendoim. Para isso, bata no processador os amendoins que vão mudando de fase: primeiro se quebram, depois se picam, até que começam a soltar o óleo e virar uma pasta. Quando estiver nesse estado, coloque o óleo e bata mais um pouco. A minha manteiga não ficou totalmente lisa, mas funcionou mesmo assim.

Cozinhe o macarrão.

Quando a manteiga estiver pronta, junte a ela a água (pode trocar por caldo de frango ou vegetais), e todos os outros ingredientes, exceto o pimentão e os verdinhos. Misture bem, prove, acerte o sal e a pimenta.

Refogue o pimentão (pode usar outras coisas aqui: cogumelos, frango em pedacinhos, legumes, etc.). Depois é só misturar o refogado e o molho ao macarrão escorrido e completar com coentro ou cebolinha.

Tempo: 25 minutos (a partir do amendoim já torrado e sem pele)

Para beber: água tônica com limão

Para ouvir: Sonic Youth – NYC Ghosts and Flowers

Anúncios
Esse post foi publicado em Fast Food e marcado , , , , , , , . Guardar link permanente.

6 respostas para Macarrão meio ao contrário

  1. Queriésima, acho um completo absurdo você ficar me tentando com coisas saborosas assim. Quando, quando vou poder comer isso? Ah, já sei, sábado que vem. \o/

    PS. Posso colocar manjericão? posso? posso?

  2. Bárbara Lopes disse:

    Claro! Tem várias receitas do sudeste asiático em que vai manjericão.

  3. por que tudo isso tem que engordar????

  4. Bárbara Lopes disse:

    Deve ser porque não nem imoral nem ilegal, né? 🙂
    Mas ó, acho que o amendoim é o mais calórico (embora tenha gordura “boa”), mas pimenta e gengibre são termogênicos (aumentam o metabolismo), então dá pra pelo menos a gente se enganar que não engorda tanto.

  5. Anne disse:

    Ai que fome! Delícia essa receita! Vou fazer . . .

  6. renatalima91 disse:

    Eu quero!!!!
    Já vi que vou engordar (mais) nas férias agora, com tanta receita gostosa para experimentar!
    Adorei!!!
    Bjs

Os comentários estão encerrados.