Mi casa, su casa: cafezinho

Fique à vontade, não repare a bagunça. Meu nome é Rane, sou de Belo Horizonte e sou a pessoa mais desastrada do mundo. Se eu consigo cozinhar, acredite, você também consegue.

Dizem que a cozinha é o coração da casa. Minha cozinha, apesar de pequenininha, está
sempre aberta pra quem quiser chegar, aconchegar-se, abrir a geladeira e inventar gostosuras comigo.

Dividirei com vocês receitas e dicas para receber os amigos em casa.

Para começar num estilo bem mineiro, convido vocês a tomarem um “cafezim” comigo. Esse café cremoso é ideal para um lanche da tarde, mas também muito conveniente na madrugada, para dar uma levantada na galera e esticar a conversa até altas horas.

Junte 25 gramas de café solúvel, 2 xícaras de açúcar e 150 ml de água quente. Bata por 15 minutos na batedeira. O café triplicará de volume e ficará consistente e brilhante. Transfira para uma vasilha com tampa e guarde no freezer em seguida; é lá que ele deve morar para manter a fofura. Ele não congela, pode ser levado do freezer diretamente para a mesa. Para servir, adicione duas colheres do café cremoso a uma xícara de leite quente. Se achar necessário, adoce com um torrão de açúcar.

Se você adora uma frescurinha, faça como eu e fabrique seus torrõezinhos  em formato de coração! Providencie uma forma de bombons, com as menores cavidades possíveis. Junte uma xícara de Glaçúcar a uma colher de sopa de água quente.  Misture bem e encha cada cavidade da forminha, pressionando com os dedos. Vire os torrõezinhos cuidadosamente sobre um tabuleiro ou prato e deixe secar ao ar livre por uma hora. Tem como não amar?

Anúncios
Esse post foi publicado em Mi Casa, Su Casa. Bookmark o link permanente.

7 respostas para Mi casa, su casa: cafezinho

  1. Sara Joker disse:

    Adoreeeeei!!!! Até eu que não gosto de café vou provar! E os torrões de açúcar ficaram lindos!

  2. Cecilia disse:

    Rane, adorei a sua estreia e fiquei fascinada pelo café cremoso! Então eu posso tirar do freezer às colheradas? Nossa, um café desse, com os torrõezinhos de açúcar em formato de coração, é muito luxo. Vou precisar chamar azamiga. =D
    As fotos são suas? Ficaram ótimas!

  3. annerodrigues disse:

    Que coisa mais meiga esses torrões. O glaçucar que usou é o que? Açúcar comum?
    Achei muito lindo. Quero fazer hoje esses torrões!

  4. Rane Morais disse:

    Ceci: Sim, o café cremoso pode ser tirado à colheradas. Mas eu já deixei o pote inteiro uma hora na mesa e ele não perdeu a consistência! (se perder, é só bater de novo)
    As fotos são minhas, sim.. dei uma editada para clareá-las .
    Anne: Glaçúcar é uma espécie de açúcar de confeiteiro, ele dá um aspecto mais lisinho ao torrão. Mas os torrões podem ser feitos com qualquer tipo de açúcar, observando o seguinte:
    Quanto mais grosso o açúcar que você usar, mais água vai precisar acrescentar e mais tempo deve deixar secando. Pode secar usando forno baixíssimo com a porta entreaberta por 5 min.
    Sara: que bom que gostou!

  5. Ai, delícia. E que lindo o post todo, fotos, textos, gostosuras…essa coluna é uma festa!

  6. Renata disse:

    Eu quero!!!!!
    Amei os torrões de açúcar! E o café me deu água na boca!!!
    Delícia de pust, Rane!
    Bjs
    Renata

    (p.s.: vcs não apareceram na sexta… chuiff…
    Estou com as camisetas pra entregar, veja um dia e eu apareço!)

  7. Sabra disse:

    ÊBA!!! Estréia das amigas, a gente tem que comemorar! Só que se a Rane é desastrada, qual será o nome pra mim? Adjetivo ainda não criado…. Frequentarei isso aqui sempre. Aliás, que charme esses corações, héin? AMEI a idéia, que será copiada com certeza!
    Beijim minerim. =)

Os comentários estão encerrados.