Fast food #1: azedume

Já pensou acordar em mundo mágico onde o azedo se torna doce? Que pesadelo, não?

O azedo não costuma ter uma boa fama entre nós; penso em frases como “Fulana é um doce” e “Beltrana está azeda”. Na cara-de-quem-chupou-limão, na aspereza, na irritação. Mas se não fosse ele, que graça que a vida tinha? É possível descobrir: existe uma frutinha, chamada fruta-milagrosa, que transforma o azedo em doce. Aqui tem um relato do que acontece com café, maçãs e maionese num mundo desses.

Foi pensando nisso que resolvi abraçar o azedume em meu peito para este macarrão.

Macarrão com abobrinha e tomatinhos

  • espaguete para duas pessoas
  • uma abobrinha italiana pequena
  • 150 gramas de tomates-cereja
  • suco de meio limão
  • 1 colher de sopa de vinagre balsâmico
  • 2 colheres de sopa de azeite
  • 2 a 3 colheres de sopa manjerona (ou outra erva à sua escolha)
  • sal e pimenta do reino
  • queijo parmesão

Coloque o macarrão para cozinhar e enquanto isso, corte a abobrinha em fatias finas. Coloque a abobrinha em uma panela, com o suco de limão, o vinagre, sal e metade da manjerona. Leve ao fogo por uns cinco minutos, até a abobrinha ficar tenra. Acrescente os tomatinhos cortados ao meio, azeite, pimenta do reino. Quando o macarrão estiver quase pronto, escorra, reservando um pouco da água. Coloque junto à abobrinha, mexendo para incorporar o molho. Sirva com queijo parmesão.

Tempo: 15 minutos

Para beber: fomos de vinho verde, que é mais ácido e menos alcoólico.

Para ouvir: Transa – Caetano Veloso

Tá servido?

Me defino pelo que gosto: gatos, palavras, cidades, conversas, músicas.

Tá servido?

Anúncios
Esse post foi publicado em Fast Food e marcado , , , , , , . Guardar link permanente.

3 respostas para Fast food #1: azedume

  1. Gosto de macarrão \o/
    De tomate cereja \o/
    De abobrinha \o/
    Do diverso na ponta da língua \o/
    E gosto de vir aqui e encontrar mulheres e sabores encantadores. Bom demais.
    Linda estréia.

  2. Thayz disse:

    Nossa, parece tão fácil de fazer e tão gostoso de comer.

    Vou tentar fazer!

    Beijo!

  3. annerodrigues disse:

    Gostei bastante da receita! Parece muito saborosa. De azedo até gosto, o que não suporto mesmo é o amargo.
    Beijinhos

Os comentários estão encerrados.