Frango do Chefe

Oi, eu sou a Thayz e não sei cozinhar. Por incrível que pareça, depois que encontrei as meninas no Blogueiras Feministas fiquei com mais vontade de aprender a cozinhar, elas faziam umas coisas tão gostosas que eu falei: ei, pera lá, também quero!

Pois bem, o meu chefe vive me chamando de abusada, ele sempre fala das comidas que ele faz e eu fico pedindo pra ele trazer pra mim. Pois é, eu sou abusada. Mas, finalmente tomei vergonha na cara e pedi uma receita dele pra fazer, por isso que o nome ficou Frango do Chefe. Eu tô um pouquinho de pileque, mas depois que eu terminar a receita vocês vão entender. Lá vai.

– Meio quilo de peito de frango

– 1 frasco de leite de côco

– 1 caixinha de creme de leite

– 1 copo de requeijão

– Meio copo de vinho branco seco (motivo do pileque)

– 1 pacote de creme de cebola

Então, primeiro eu tive que descobrir o que é cortar em filé, eu na minha inocência cristã, achei que o peito de frango era o filé. Enfim, cortei em forma de filé e ai misturei com o tal creme de cebola. E ficou assim, ó.

Peguei uma vasilha e misturei o resto dos ingredientes. Foi ai que começou o pileque, coloquei só meio copo de vinho na vasilha, o resto eu tomei, né? Bem linda.

Depois, você joga o molho no pirex onde está o frango, mistura bem e joga no forno. Se joga, um arraso! Deixa lá durante 40 minutos e enquanto isso faz um arroz pra acompanhar.

Já que você está tomando vinho, continua, né? Coloca um copo de vinho pra acompanhar e seja feliz. O cabeludinho morreu de comer e agora está deitado aqui na cama, sem saber o que fazer. Fiquei feliz, deu certo!

Anúncios

Sobre thayz athayde

Nasceu para fazer um musical na broadway e um filme do Tarantino. Enquanto isso, dá uma de psicóloga. É a Rainha da Copacabana feminista, vossa majestade.
Esse post foi publicado em Arroz Queimado. Bookmark o link permanente.

8 respostas para Frango do Chefe

  1. Barbara Manoela disse:

    Nossa, Thayz, arrasou na receita! Me deu água na boca, vou experimentar essa semana! =)

  2. Vou fazer amanhã \o/. E você pode até “não saber cozinhar” mas bem sabe aproveitar a belezura da cozinha: trocar idéias, alimentar os bem-querer e beber o resto do vinho 😉

  3. annerodrigues disse:

    Ai! Que vontade de comer esse franguinho junto com o vinho. Ou beber o franguinho junto com o vinho? Afe!! Perdi-me nessa sua receita. Não sabe cozinha, é? Jura?
    Beijinhos

  4. Eu fiz! Mudei só uma coisinha e outra, srsrs. Ficou delicioso, vou fazer sempre. Obrigada, baby…

  5. Celia disse:

    Essa é a minha nora! Cozinhhhhhhhhhheeeeeeeeeeiiiiira.
    Parabéns, amei seu esforço e pelo visto deve ter ficado ótimo. Aind mais acompanhado de um vinhozinho.
    Beijos

  6. Thayzzzz;
    essa receita é fenomenal de deliciosa! Minha sogra fez, contou que viu na Ana MAria Braga (tá sabendo, seu chefe vê Mais Você hein? haha)…. Pra mim é o Frango da Sogra e é maravilhoso!

  7. Cecilia disse:

    Thayzinha, vou aí em Curitiba pra você cozinhar desse jeito que você não sabe, tá?

  8. Thays, tenta trocar o peito de frango por coxa e sobrecoxa, que são cortes bem bem bem mais saborosos. Dar uma dourada neles na frigideira com um pouco de gordura antes de tacar no forno deve dar uma crocância e textura legais também!

Os comentários estão encerrados.